top of page
Buscar

À volta do mundo: os nossos percursos mais invulgares

Saia dos trilhos batidos, explore lugares que nunca pensou, corra no deserto ou na selva exuberante... Onde quer que esteja, JOOKS propõe-lhe percursos excepcionais! Descubra connosco a cidade fantasma de Granadilla, as extensões desérticas do centro da Argentina, ou Pristina, o coração vibrante do Kosovo...



Granadilla


O Castelo de Granadilla, datado do século XIII, está entronizado na cidade fantasma com o mesmo nome. Esta última pertence ao município espanhol de Zarza de Granadilla, antigo senhorio de Granada, antiga vila fortificada de origem feudal situada no noroeste da província de Cáceres. Foi uma cidade importante, capital da região conhecida como Tierras de Granadilla e sede de um distrito judicial. A fortaleza foi fundada pelos muçulmanos no século IX, uma vez que se encontra numa colina de ardósia com vista para uma vasta área de terra e é um ponto-chave na Via da Prata. Os almóadas construíram a cidadela na parte mais vulnerável da cidade, a noroeste. Em 1160, a cidade foi conquistada por Fernando II, que a colocou sob o domínio cristão e fortificou toda a cidade.


Os seus habitantes foram expropriados em meados do século XX, quando se tornou uma zona inundável devido à construção da barragem de Gabriel y Galán. Atualmente, continua a ser oficialmente classificada como tal, embora nem a vila nem o castelo tenham sido alguma vez inundados, mesmo quando a barragem estava cheia. Atualmente, é um local notável, protegido pelo governo, onde se encontram muitos campistas que vêm desfrutar da atmosfera única desta fortaleza abandonada.


Courir ou marcher avec JOOKS dans les rues désertes de Granadilla : une expérience inoubliable !
Correr pelas ruas desertas de Granadilla: uma experiência inesquecível!

San Juan


Numa paisagem majestosa, no centro da Argentina, ergue-se a cidade de San Juan. Classificada entre os dez centros urbanos mais importantes do país, foi fundada em 13 de junho de 1562 pelo conquistador Juan Jufré de Loayza com o nome de San Juan de la Frontera. Nas proximidades, há uma série de atracções turísticas, incluindo os reservatórios Embalse e Ullum e a Quebrada de Zonda. Há também fontes termais, museus e, a não perder, o ponto de partida para as rotas do vinho locais.


Découvrez à vélo les paysages majestueux de l'Argentine avec les parcours JOOKS à San Juan !
Descubra as paisagens majestosas da Argentina de bicicleta!

A província é enorme, cobrindo quase 90 000 km², ligeiramente maior do que um país como a Sérvia. O relevo é montanhoso, entrecortado por vales áridos. A cidade situa-se no centro do oásis de Tulum, onde vive mais de 60% da população total da província. Não muito longe fica Ischigualasto, um importante sítio paleontológico com estranhas geoformas que datam do período Triássico. JOOKS convida-o a descobrir San Juan e os seus arredores através de longos percursos de bicicleta, no país das alpacas e das vicunhas!



Soumagne


Nas verdes planícies belgas, encontra-se a pequena cidade de Soumagne, na região de Pays de Herve, a cerca de quinze quilómetros de Liège e Verviers.


Ao longo das margens do Magne, o principal curso de água da comuna, poderá ouvir a história desta cidade mineira, cujas raízes remontam à pré-história, pois foram encontrados vestígios de ocupação neolítica. Passará pela cidade de Ayeneux e pela sua propriedade provincial, onde poderá admirar o Château de Wégimont, um edifício renascentista que é um dos locais mais notáveis da região.



La ville minière de Soumagne recèle des trésors insoupçonnés dans les creux de la Magne ...
A cidade mineira de Soumagne esconde tesouros insuspeitos nas cavidades do Magne...

Pristina


A pouco conhecida Pristina é a capital e a maior cidade do Kosovo, um território com um estatuto disputado. Situada perto das montanhas Goljak, a poucos quilómetros a norte das montanhas Šar e do Lago Badovac, alberga alguns monumentos impressionantes, incluindo a biblioteca nacional, a mesquita Xhamia e memoriais de guerra como o Newborn e o Heroinat.


Admirez la bibliothèque nationale du Kosovo lors de votre balade dans Pristina !
Admire a Biblioteca Nacional do Kosovo enquanto passeia por Pristina!

Um pormenor invulgar: os dois afluentes do Ibar que atravessavam a cidade, o Vellucha, que desce das colinas de Germia a leste, e o Pristina, que corre a oeste da cidade velha, foram cobertos, respetivamente, nos anos 50 e no final dos anos 70, ligando-os à rede de esgotos da cidade. Pristina é, portanto, uma cidade sem rios.


Tem também uma história que remonta a milhares de anos: habitada desde a época romana, foi escolhida como capital pelo rei Milutin da Sérvia (1282-1321) e pelos seus sucessores. No entanto, a ocupação otomana em 1389, após a batalha de Kosovo Polje, prefigurou a sua conquista total em 1454. O longo período que se seguiu traçou o rumo do futuro da cidade. O sultão Mehmed II ordenou a construção da Mesquita Imperial como sinal da sua autoridade. Como resultado, a maioria dos habitantes converteu-se ao Islão. Durante a sua passagem por Pristina, terá o prazer de descobrir simultaneamente esta cultura muçulmana no coração dos Balcãs e uma cidade modernizada após a guerra.



Ubud


A joia da coroa da ilha indonésia de Bali, a cidade de Ubud transportá-lo-á para um passado tão misterioso quanto exótico.


Na confluência de dois rios perto de Campuhan, diz-se que um sacerdote javanês chamado Rsi Markendya meditou no local no século VIII. No sopé do Gunung Lebah, construiu um templo que mais tarde atraiu muitos peregrinos. Assim foi fundada esta cidade, que desde então se tornou uma importante fonte de muitas ervas e plantas utilizadas na medicina tradicional. A palavra indonésia ubad, que significa "medicina", é a origem do nome de Ubud.


No final do século XIX, Ubud tinha-se estabelecido como um centro político e cultural, sede dos senhores feudais da família Sukawati ksatriya. Estes senhores tinham jurado fidelidade ao rei de Gianyar, o mais poderoso dos estados do sul de Bali. Ajudaram a divulgar a crescente reputação artística da aldeia.


Entre arts et temples, la mystérieuse ville d'Ubud vous livre ses secrets lors de votre run.
Entre arte e templos, a misteriosa cidade de Ubud revela os seus segredos durante a sua corrida.

Atribui-se a Walter Spies, um alemão de origem russa que ensinava arte e música e tinha uma paixão pela dança, o lançamento da indústria turística da cidade. O local também atraiu muitas celebridades. Charlie Chaplin, Noel Coward, Barbara Hutton, H. G. Wells, Margaret Mead, Gregory Bateson e Vicki Baum, para citar apenas alguns, ajudaram Ubud a tornar-se o centro cultural de Bali. Com o aparecimento do movimento dos jovens artistas e o trabalho do pintor holandês Arie Smit na década de 1960, Ubud pôde continuar a desenvolver-se como um dos principais centros artísticos do país.

Ubud alberga alguns museus magníficos, incluindo o Puri Lukisan, que alberga uma soberba coleção de arte dos anos 30, o Museu Neka, que exibe a extensa coleção pessoal do amante de arte de Ubud, Sr. Neka, e o Museu Agung Rai.


Beauvais


Para concluir esta panorâmica dos itinerários insólitos disponíveis no JOOKS: se o nome Beauvais só lhe faz lembrar um aeroporto, pense em fazer aí uma escala durante o seu próximo fim de semana na capital francesa!


A sua história remonta ao século I d.C. Na Idade Média, a cidade floresceu, nomeadamente no sector têxtil, que contribuiu fortemente para o desenvolvimento e o crescimento económico da cidade. Encontrará a magnífica catedral de Saint-Pierre de Beauvais, uma obra-prima inacabada da arquitetura gótica, com o coro gótico mais alto do mundo - 48,50 metros! Se abrir a porta da catedral, poderá admirar uma obra-prima do século XIX de Auguste-Lucien Vérité, o seu soberbo relógio astronómico.


L'immense cathédrale inachevée de Beauvais vous surplombe de toute la hauteur de son choeur gothique.
A imensa e inacabada catedral de Beauvais ergue-se do alto do seu coro gótico.

No seu caminho, não muito longe da cidade velha, encontra-se um hospital medieval quase sem igual entre os seus congéneres franceses. Passará também pelo antigo leprosário da maladrerie Saint-Lazare, construído no século XII. Beauvais está repleta de monumentos centenários e, ao passear, poderá contemplar mil anos de história.



Encontre estes itinerários e quase 1300 outros na aplicação JOOKS!




1 visualização0 comentário

Komentarai


bottom of page